Alvarina Nunes
Alvarina Nunes

Mil e um segredos para você!!!

Uma mulher empreendedora

UMA MULHER EMPREENDEDORA


É como o navio mercante: de longe traz o seu pão.É ainda noite, e já se levanta, e dá mantimento à sua casa e a tarefa as suas servas. Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com as rendas do seu trabalho. Provérbios 31.14-16

A Bíblia é meu manual de instruções, é de lá que me vem a inspiração para descrever os segredos que Deus tem revelado a mim. Hoje quero falar sobre o trabalho feminino, segundo a Palavra de Deus.
Falando sobre empreendedorismo feminino eu creio que no livro de Provérbios 31.10; Deus nos mostra, com riqueza de detalhes, uma mulher diligente, ou seja, uma grande empreendedora.
Percorrendo o livro de Provérbios, a gente encontra a descrição de muitos tipos de mulheres, algumas totalmente fora dos propósitos de Deus, vi por lá, mulheres rixosas, iracundas, tolas, indiscretas, adúlteras; mas no capítulo 31, Deus apresenta uma mulher, com tantas virtudes, que sinceramente, chega até nos levar a sentir uma leve inveja. Quem pode competir com essa mulher? É uma ótima esposa e mãe, sabe administrar sua casa muito bem, dirige um negócio, cozinha, costura, gosta de ajudar ao próximo, estende a mão ao necessitado, fala com sabedoria e para encerrar com chave de ouro, é temente à Deus.
Interessante, Deus não falou o nome dessa mulher virtuosa, eu creio que Ele fez isso de propósito, para que cada mulher pudesse colocar o seu nome nessa história.
Essa mulher era trabalhadora, organizada, aproveitava as oportunidades, dormia tarde, acordava cedo, se importava com a família e com tantos talentos, agradava muito ao seu marido, pois o mesmo era por isso estimado entre os juízes, quando se assentava entre os anciãos da terra.
Fiquei maravilhada ao ler que ela conseguia tempo para fazer roupas e cintos para vender, foi aí que percebi que esta mulher tinha todas as características de uma empreendedora! O texto é bem claro onde diz: examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com as rendas de seu trabalho. Veja bem, ela costurava, ganhava seu dinheiro e tinha planos de investir o mesmo em algo produtivo, onde poderia desta forma ir multiplicando seus investimentos. Assim sendo, ela compra uma vinha, com o dinheiro ganho na venda de roupas, cinge os seus lombos de força, fortalece seus braços e faz com que a sua vinha comece também a produzir renda. O investimento foi um sucesso! Ela percebe que seu ganho agora é muito bom. Isso eu chamo de empreendedorismo.
Era uma mulher que planejava, tinha propósitos bem definidos, a força e a dignidade são os seus vestidos e, quanto ao dia de amanhã, não tem preocupações. Que maravilha! A mulher bem preparada não teme o futuro.
Quantas mulheres hoje em dia, sonham em ter o seu próprio negócio, mas não conseguem sair de sua zona de conforto, achando tudo muito difícil, acabam deixando seus projetos para trás por causa de preocupações que envolvem desde a família até mesmo a melhor maneira de se apresentar para o mundo dos negócios; mas se você pousar os seus olhos, com carinho nessa mensagem, com certeza Deus vai inspirar a você também, abrindo os seus olhos para um mundo novo, que pode estar bem a sua frente.
Para manter uma atitude empreendedora e obter sucesso, será preciso planejar, manter longe a ociosidade, entender que serão noites comprometidas com muito trabalho, também será preciso paciência, pois o lucro vem devagar.
Veja algumas características importantes da mulher que é apresentada em Provérbios 31.10: ela é digna de confiança, boa, batalhadora,dá sempre um jeito para tudo, é disciplinada, vai em busca das oportunidades,é forte, apreciadora, habilidosa,gosta de ajudar, ela planeja, se cuida, é popular, é criativa, tem dignidade,é doce, é bastante ocupada, é louvada, ela teme a Deus, ela faz a diferença.
Eu creio que você se motivou agora; então prepare seu plano, fale com Deus a respeito, verifique com cuidado se o mesmo está de acordo com os propósitos divinos, não perca mais tempo, coloque-o em ação e seja uma empreendedora de sucesso.

Alvarina Nunes

Voltar