Alvarina Nunes
Alvarina Nunes

Mil e um segredos para você!!!

Use sua boca para remover os montes

USE SUA BOCA PARA REMOVER OS MONTES


Pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé do tamanho de um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele passará. Nada vos será impossível. Mateus.17.20
Tempos atrás, sempre que eu lia esta mensagem, eu falava: Oh! A fé remove montanhas!
Mas, por muito tempo, tentei remover meus montes usando só a fé, e por mais que eu conhecesse a Palavra de Deus, nem sempre funcionava. Foi então que eu li o livro"Como tomar posse da Bênção", então comecei a interpretar corretamente essa mensagem. Percebi a importância da frase" direis a este monte". Portanto, o que move o monte e a palavra que sai da nossa boca; a fé sozinha não pode fazer nada; mas há muito poder em nossas palavras.
Eu gosto muito do que disse Young Cho, pastor da maior igreja do mundo, na Coréia do Sul. Ele estava falando, em Tiago 3, sobre a língua. E um amigo dele, um neurocirurgião, disse que eles haviam feito novas descobertas relacionadas ao funcionamento do cérebro. Eles descobriram que o centro da fala no cérebro exerce o domínio sobre todos os outros centros nervosos. Quando fazemos testes no centro da fala, todo o restante do cérebro responde. O centro da fala exerce o domínio. Então, disse o médico, quando uma pessoa diz: “ Eu estou fraca”, o centro da fala manda uma mensagem para todo o cérebro: Prepare-se para ficar fraco.
Então Deus fala: Que o fraco diga: Sou forte.Quando uma pessoa diz que está velha, o centro da fala manda uma mensagem para todo o cérebro, dizendo: Prepare-se para morrer”.
O Pastor Cho disse para o seu amigo: Eu já sei disso há muito tempo. Ele disse: Não tem como! Essa descoberta é totalmente nova! Como você sabia disso?” Ele respondeu: Aprendi com Tiago, no Novo Testamento! Ele disse que a língua,é um pequeno órgão, que controla todo o corpo! Tiago diz que, com a sua língua, você determina a direção e o destino da sua vida. Ela é tão poderosa que, por meio dela, você se salvou, confessando a Jesus!
Veja: "A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, a saber: Se com tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo".Romanos 10.9.
É maravilhoso saber que posso determinar a minha benção, usando minha boca juntamente com a minha fé. As duas juntas farão o milagre acontecer. Deus criou os céus e a terra, por meio de sua Palavra.
Todavia, precisamos ter cuidado com nossas palavras, pois assim como elas podem mover montes, operar milagres, trazendo bênçãos sem medida para nossa vida, elas também tem poder para destruir uma vida. Em Tiago 3.8 diz: a língua, porém, nenhum dos homens é capaz de domar; é um mal incontido, carregado de veneno mortífero.Com ela bendizemos ao Senhor e Pai; também com ela, amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. Em Provérbios 18.21 nos diz: A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto.
Todos nós, algum dia, já ouvimos ou até falamos palavras cheias de ira e revolta, sem ao menos avaliar o efeito devastador que estas palavras podem causar na vida de uma pessoa. Quantas vezes já ouvimos? Esse menino não presta para nada! Quando você casar, sua casa vai ser um inferno. Você nunca vaia aprender nada! Frases como essas, podem destruir para sempre a auto estima de qualquer pessoa, seja ela uma criança ou até mesmo um adulto.
Em Provérbios 15.1 nos diz: A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. Por causa destas palavras duras e desprovidas de misericórdia, lares são destruídos, filhos abandonam os pais, travam-se conflitos entre colegas de trabalho e amizades são rompidas.
Veja o que a Palavra continua falando: Mas eu vos digo, que de toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo.Porque por tuas palavras serás justificado e por tuas palavras serás condenado. Mateus 12.36-37.
Vimos que com nossa boca podemos trazer a bênção para nossa vida, mas também podemos trazer o mal, portanto vigiar nossos lábios é lucro certo.
O salmista Davi temia falar sem refletir, pecar ou amaldiçoar os outros, e para se prevenir pediu a Deus com sinceridade:Põe guarda Senhor à minha boca; vigia aporta dos meus lábios. Salmos 141.3.
Concluindo vamos para Efésios 4.29: Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça, aos que a ouvem.
Usemos nossa boca para profetizar vida e tomar posse de tudo aquilo que Deus já nos concedeu, através de seu filho, o Senhor Jesus.

Alvarina Nunes

Voltar